Últimas notícias

Vencedor do Nobel da Paz visita Lula em Curitiba

Kailash Satyarthi ganhou o prêmio em 2014 por sua atuação pelo direito das crianças; outro Nobel da Paz, o argentino Adolfo Pérez Esquivel também já visitou Lula na prisão.

Por Crítica21 com informações da RBA e Brasil de Fato
24/10/2019

O ativista indiano Kailash Satyarthi esteve na manhã desta quinta-feira (24) na sede da Polícia Federal em Curitiba, Paraná, para um encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – que está em prisão política desde 7 de abril de 2018. O indiano é o segundo Nobel da Paz a visitar Lula na sede da PF. Ele foi antecedido pelo argentino Adolfo Pérez Esquivel.

Segundo Satyarthi, Lula disse que está determinado a sair e viver até os 120 anos. Foto: Vigília Lula Livre

Satyarthi foi laureado com o Nobel da Paz em 2014. No mesmo ano a ativista paquistanesa Malala Yousafzai também venceu o prêmio. O indiano é reconhecido por seu trabalho no movimento Bachpan Bachao Andolan - BBA (“Salve a Infância”, em tradução livre) - do qual foi fundador - que tem como objetivo eliminar o tráfico de crianças e o trabalho infantil na Índia.

Kailash Satyarthi comentou sobre o legado de Lula no combate à fome e à pobreza e disse se sentir muito grato ao petista “pela mudança que ele fez para milhões de pessoas” do país. “Nós sabemos que ele lançou programas para tirar milhões de pessoas da pobreza e da fome. E, devido à contribuição dele, milhões de crianças tiveram a oportunidade de não serem escravizadas e nem passarem fome.”

Determinado
O indiano ainda disse que o petista se encontra fisicamente bem e disposto a provar sua inocência. “Lula disse que está determinado a sair e viver até os 120 anos”, afirmou. Após a visita ao ex-presidente, Satyarthi foi até a Vigília Lula Livre, em frente ao prédio da PF, onde relatou aos militantes e imprensa seu encontro com o líder político.

O Nobel da Paz disse ter conhecido Lula ainda como presidente do Brasil e que o reencontrou em outras duas situações, já fora da presidência. Nas palavras de Satyarthi, na manhã desta quinta, ele encontrou Lula “mais forte do nunca, com muita força no coração e na alma, com determinação para um mundo melhor”.

Nenhum comentário