Últimas notícias

‘Volta, Evo’: indígenas e camponeses marcham contra golpe na Bolívia

Em La Paz, manifestantes carregavam a bandeira wiphala, símbolo dos povos originários e do Estado Plurinacional boliviano.

Com informações do Opera Mundi e Sputnik Brasil
15/11/2019

A capital boliviana recebeu uma grande marcha contra o golpe de Estado e o autoproclamado governo interino, nesta sexta-feira (15). Milhares de indígenas e camponeses de várias províncias marcharam na cidade de La Paz, com pedidos de respeito aos povos originários, renúncia da autoproclamada presidente, a senadora de direita Jeanine Áñez, e a volta do ex-presidente Evo Morales - exilado no México após o golpe de Estado consumado no último domingo (10).

Já são cinco dias seguidos de protestos contra o golpe de Estado consumado no último domingo (10). Foto: reprodução/Sputnik Brasil

Os manifestantes carregavam a bandeira whiphala, símbolo dos povos originários e do Estado Plurinacional boliviano. Os trabalhadores do campo e membros das comunidades indígenas ainda declararam como persona non grata o ex-presidente Carlos Mesa, segundo colocado nas últimas eleições presidenciais. Ele não reconheceu os resultados do pleito e foi um dos articuladores do golpe que forçou Evo a renunciar.

Os protestos ocorrem há cinco dias seguidos, mesmo com a repressão das forças policiais.



Edição: Crítica21

Nenhum comentário