Últimas notícias:

The Times: em vez de condenação, Índia expressa apoio à Rússia

Publicação britânica destaca os laços estreitos entre os dois países e a percepção de muitos indianos sobre a “hipocrisia” e “padrões duplos” dos EUA e seus aliados.

O presidente russo Vladimir Putin com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi. Foto: RA

Por RT
04/03/2022

A Índia se recusou a condenar a operação especial russa na Ucrânia três vezes durante as reuniões da ONU, escreve o jornal britânico The Times. Enquanto isso, as hashtags #IstandWithPutin e #IstandWithRussia (#EstouComPutin e #EstouComARússia) e comentários de apoio sobre as ações da Rússia estão ganhando popularidade no Twitter indiano. 

A publicação lembra que a Índia mantém laços estreitos com a Rússia há décadas. Por exemplo, cerca de metade de todas as armas do exército indiano são compradas da Rússia. Além disso, Moscou tem repetidamente apoiado Délhi em várias crises internacionais - uma vez impedindo a ONU de intervir em uma disputa territorial com o Paquistão sobre a Caxemira. 

Agora, o primeiro-ministro indiano Narendra Modi está retribuindo, escreve o The Times. Ele está tentando manter um equilíbrio entre os laços com o Kremlin, o status da maior democracia do mundo, a melhoria das relações com os Estados Unidos e a preservação da soberania territorial. 

Como observa o jornal, para vários indianos comuns, a reação do Ocidente à operação especial russa na Ucrânia é um exemplo de "hipocrisia" e "dois padrões", dadas as intervenções de países ocidentais no Iraque, Síria, Líbia e Afeganistão. Muitas pessoas também estão descontentes com o fato de o governo ucraniano ter condenado os testes nucleares indianos e fornecido armas ao Paquistão. 

Além disso, o sentimento antiucraniano foi intensificado por vídeos que circulam nas mídias sociais que parecem mostrar autoridades ucranianas racistas contra estudantes indianos que estão tentando desesperadamente deixar o país. 

Nenhum comentário