Últimas notícias

Bolsonaro é alvo de panelaços pelo 6º dia seguido

Repúdio ao presidente se intensificou por sua atuação contra a crise motivada pelo coronavírus.

Com informações do UOL
23/03/2020

As janelas de vários edifícios voltaram a fazer barulho neste domingo (22) contra o presidente Jair Bolsonaro. Os protestos em forma de panelaços e projeções nos prédios tiveram início na última terça-feira (17) e ocorreram em diversas regiões do país.

Foto: Isac Nóbrega/PR/Fotos Públicas 

O principal motivo das manifestações é a forma como o presidente tem tratado a crise do coronavírus, além da falta de transparência sobre os testes que ele realizou. O presidente afirma que os resultados foram negativos para o Covid-19, mas insiste em não mostrar os exames.

Contribui com a dúvida o fato de seu filho, Eduardo Bolsonaro, ter afirmado à Fox News na última sexta-feira (13) que o primeiro exame feito por seu pai deu positivo. No mesmo dia, ele voltou atrás e negou que falara à emissora norte-americana.

Os panelaços deste domingo ocorreram em São Paulo em bairros como Consolação, Vila Madalena, Higienópolis, Pinheiros, Santa Cecília e Perdizes. No Rio de Janeiro, os protestos foram registrados em Copacabana, Lapa e Laranjeiras.

Projeção dos protestos de sábado (21). Foto: Coletivo Antifascista Social Club

No dia anterior, Bolsonaro completou 65 anos de idade e foi repudiado com um "Panelaço de Aniversário". Na sexta-feira (20), as manifestações contra o presidente foram reduzidas porque nesse dia houve panelaços em favor dos trabalhadores da saúde, que se desdobram no combate ao coronavírus e no cuidado com os pacientes.

Já na quinta-feira (19) os protestos mais fortes contra Bolsonaro foram ouvidos em diversos bairros de São Paulo e do Rio de Janeiro. No dia anterior, as manifestações ocorreram em pelo menos 13 estados.

Os primeiros panelaços tiveram início na terça-feira (17), dia em que o presidente minimizou a gravidade do vírus, em entrevista à rádio Tupi. Na ocasião, ele disse que o vírus trouxe histeria e teceu críticas a governadores que adotaram medidas para minimizar os impactos da crise. 

Confira alguns panelaços deste domingo (22):







Edição: Crítica21

Nenhum comentário